Adidas cancela pedidos da Black Friday e avisa consumidores por e-mail

Para Reclame AQUI, o chamado erro crasso não justifica a decisão da empresa

Arte: Reclame AQUI

O Reclame AQUI continua com o monitoramento da Black Friday, que aconteceu oficialmente no último dia 25. Com apoio da Mooba, Precifica, Keyrus e KnowIt!, o ranking do evento deu uma reviravolta nesta terça-feira, dia 29, quando a Adidas apareceu nas primeiras posições. Às 16h, com 743  reclamações, a marca de esportes ultrapassou a Kabum! e atingiu a primeira posição entre as mais reclamadas da Black Friday. Na sexta-feira, a empresa havia recebido apenas 2 reclamações, na 96ª colocação.

Veja também! Direitos do consumidor para compras pela internet

O motivo seria o cancelamento de todos os pedidos feitos no sábado, dia 26, por parte da empresa. Consumidores enviaram imagens que mostram que todos os produtos estavam o mesmo preço, R$ 129.

O diretor de operações do Reclame AQUI, Diego Campos, lembra que o Código de Defesa ao Consumidor é literal quanto a esse assunto, e determina que uma oferta deve ser cumprida, independente se for Black Friday ou não. "Existem situações que, após a análise do mérito, o judiciário acredita que o lojista está isento de cumprir a oferta, porque entende que se trata de um erro crasso. Não me parece que seja o caso das vendas feitas pela Adidas, pois além do desconto ter sido variável em cada produto, os valores pagos não aparentam ser inferiores ao custo de fabricação dos mesmos", disse Campos.

NetShoes: veja o que aconteceu quando a loja subiu o preço da camisa da Chapecoense

Confira abaixo a evolução de reclamações da Adidas na Black Friday.

No Reclame AQUI, a Adidas é considerada "Ótima" nos últimos seis meses, de acordo com a avaliação dos consumidores. A empresa solucionou 80,9% das reclamações neste período.

Em comunicado enviado ao Reclame AQUI Notícias, a Adidas informou que problemas na loja virtual aconteceram das 6h às 15h de sábado. No entanto, a empresa não esclarece qual foi o motivo da falha.

Confira a nota na íntegra!

Esclarecemos que devido aos problemas operacionais em nosso site, adidas.com.br , ocorridos no dia 26/11/16, das 6:00 às 15:00, tivemos que cancelar todos os pedidos efetuados no período.

A adidas é uma empresa comprometida com os seus consumidores e sempre busca atendê-los com o mais alto nível de excelência. Assim, com o intuito de minimizar eventuais transtornos, além de garantir nenhum prejuízo financeiro aos nossos clientes, que terão devolução integral dos valores, estamos entrando em contato individualmente com todos que realizaram compras no período.

Por último, Informamos que o motivo do problema ainda está sendo investigado por times no Brasil e na Alemanha.

 

Consumidor chegou a gastar R$ 4,4 mil

Nesta segunda-feira, dia 28, um consumidor de Curitiba (PR) entrou em contato com nossa reportagem e enviou imagens de uma compra que realizou no site da Adidas. Mesmo alegando que teve problemas para acessar a loja virtual, ele chegou a gastar mais de R$ 4,4 mil em uma compra. Com os descontos "ofertados" pela Adidas, ele pagou apenas R$ 1.012,62.

"O site ficou um tempo fora do ar, coisa que não pode na black friday. Hoje (segunda, dia 28)  paguei os boletos pela manhã e à tarde mandaram e-mail cancelando os pedidos. Muita gente foi prejudicada", disse.

Diego lembra que no período da Black Friday os próprios lojistas se utilizam de mídia extensiva para anunciar que existem descontos na casa de 70 a 80%. "Isso anula a possibilidade de tentar imputar ao consumidor, mesmo que subjetivamente, um comportamento provido de má fé, sob a alegação de que claramente se tratava de um erro de fácil identificação", completa.

Atraso na entrega? Veja como resolver o problema

 

O que o consumidor pode fazer?

Consumidores que reclamaram e entraram em contato com o Reclame AQUI dizem que receberam um e-mail da empresa de cancelamento da compra. A empresa também promete, pelo comunicado, que fará a devolução do dinheiro ou estorno em cartão de crédito a todos os consumidores.

Muitos consumidores, porém, relatam que preferem o produto a receber a quantia gasta de volta. Diego Campos avisa que o consumidor que se considerar lesado pela atitude unilateral de cancelamento do pedido, deve sim requerer o cumprimento da oferta junto à empresa, utilizando serviços como o Reclame AQUI, por exemplo. "Caso não seja atendido, deve procurar uma instituição de conciliação e mediação confiável, que é bem mais ágil que acionar diretamente a justiça. Se não consiguir chegar a um termo de acordo a alternativa final será ingressar na justiça", orienta.

Veja abaixo o comunicado da Adidas enviado aos consumidores

Lamentamos informar que devido aos problemas operacionais em nosso site adidas.com.br, ocorridos no dia 26/11/16, das 6:00 às 15:00, tivemos que cancelar todos os pedidos efetuados no período, incluindo o seu pedido número (editado pela reportagem).

Nenhum valor será cobrado e caso o pedido tenha sido pago, o valor será devolvido integralmente.

A adidas é uma empresa comprometida com os seus consumidores e sempre busca atendê-los com o mais alto nível de excelência. Assim, com o intuito minimizar eventuais transtornos, enviaremos em breve um cupom de desconto de 30% para ser utilizado na loja online adidas.

 Caso tenha efetuado o pagamento do boleto solicitamos o envio dos dados bancários abaixo para que possamos realizar o reembolso. Se o boleto não foi pago, desconsidere o mesmo.

Nossa reportagem experimentou ligar para o SAC da empresa e ouviu uma mensagem especial sobre o problema. "Caso você tenha recebido email sobre cancelamento de pedido, tecle 2". Ao escolher essa opção, o consumidor informa se fez a compra por cartão de crédito ou boleto.

Leia tudo sobre

Black Friday

Faça um comentário